PANDEMIA EM FAVELAS DO RIO DE JANEIRO

Nesses tempos difíceis de isolamento social, como estão vivendo os moradores das favelas e comunidades da cidade do Rio de Janeiro? A partir de hoje, 29 de maio de 2020, publicaremos uma série de vídeos com suas histórias, seus desabafos, suas esperanças.
A estimativa atual é de que 26% dos habitantes da capital moram em áreas sem água encanada, sem esgotos, sem pavimentação nas ruas, sem sistema oficial de energia elétrica. Entre essas 1.781.090 pessoas, pelo menos 150 mil, ou 8,8%, “podem chegar a ser infectadas em breve pela Covid-19”, de acordo com estimativa do SOS Favelas – Rede Solidária contra o coronavírus do Viva Rio, empresa social que cria e desenvolve projetos para populações com poucos recursos.
Aplicando os dados da pesquisa que realizou entre 9 e 16 de maio, o SOS Favela considerou a média histórica de 3,6 pessoas por domicílio, supondo o provável contágio de todos os membros da família. Hoje, 40.700 famílias têm pelo menos 1 morador diagnosticado positivo de ponta a ponta do Rio.

Uma vida por cima do muro na Rocinha

De sua laje, a manicure Stephanie Araújo, de 27 anos, tem uma belíssima vista da…

COVID-19-ISOLAMENTO-SOCIAL-COM-FÉ-E-ALEGRIA-NO-MORRO-DO-ADEUS-RJ
Isolamento Social com Fé e Alegria no Morro do Adeus

Charles Blando é jornalista. Nascido e residente no Morro do Adeus há 30 anos, em Bonsucesso, Rio de Janeiro. Nos meses de quarentena durante a pandemia do novo coronavírus, ele vive seu isolamento social com consciência e preocupação…Leia mais